Cidadania Europeia: saiba 4 formas de conseguir a sua!

Publicidade

Sair do Brasil e morar em outro país é o sonho de milhares de brasileiros. Aliás, uma boa parte da população de outros países também compartilham desse sonho por acreditar que outros países possuem condições melhores para que consigam realizar seus sonhos. Alguns, claro, possuem bons embasamentos para pensarem isso.

Muitas pessoas trabalham em empregos cuja valorização seria bem maior em outros países. Provavelmente, receberiam um salário maior se exercessem essa profissão em outros países. Contudo, outros indivíduos querem apenas estudar e acreditam que poderiam receber uma educação melhor caso estudassem fora.

Publicidade

Pensando nisso, nós, da equipe SeriandoClub, escrevemos essa matéria para que você saiba tudo que precisa para conseguir uma das maiores metas para aqueles estrangeiros que chegam ao velho continente: conseguir a cidadania europeia. 

O que é Cidadania Europeia?

cidadania europeia
(Reprodução: CNN)

Apesar deste ser o sonho de milhares de brasileiros, nem todos sabem exatamente do que se trata a cidadania, muito menos quando nos referimos a europeia. Podemos definir cidadania como um conjunto de deveres e direitos que são exercidos por alguém que vive em sociedade.

A cidadania diz sobre o quanto um indivíduo consegue usufruir dos seus direitos e dos benefícios de um país. Assim como também se refere ao grau de intervenção possível para ele. E claro, quais posições de poder ele pode assumir dentro daquele país.

Dessa forma, quando falamos sobre Cidadania Europeia, entenda que é sobre conquistar uma série de direitos e benefícios que um cidadão europeu possui. E claro, você também já deve ter entendido que a Europa é um continente, não um país. Portanto, para ter Cidadania Europeia, é preciso ter cidadania de algum país da Europa.

A Cidadania Europeia foi criada, oficialmente, a partir de um tratado que foi assinado em 1992. É um tratado relativamente novo. Esse tratado permite que o título de cidadão europeu traga uma série de benefícios a quem o recebe.

Alguns dos exemplos de benefícios que recebe quem tem Cidadania Europeia são: exercícios políticos para votar e poder se candidatar durante as eleições locais e europeias; liberdade para poder se movimentar e morar em qualquer país membro da União Europeia; direito de proteção pelas autoridades diplomáticas de estados membros da União Europeia.

O que é a União Europeia?

(Reprodução: Eurocid)

A União Europeia foi citada em alguns momentos no bloco de texto anterior. Dessa forma, é importante que você saiba do que se trata e quais países fazem parte da União Europeia. Esse é o título dado a um bloco econômico que é constituído por 27 Estados do continente europeu.

Essa união desempenha algumas funções, entre elas, união política e monetária. A União Europeia irá atuar nas esferas política, jurídica, econômica, segurança e também estará presente no desenvolvimento socioeconômico dos países que fazem parte deste bloco.

Já que uma das funções principais da União Europeia é a monetária, faz-se sentido pensar que uma moeda poderia ser usada para unificar os países-membros. Dessa forma, em 1999 foi adotado o euro, moeda que foi adotada oficialmente por 19 países. Esses países formam o que chamamos de Zona Euro.

Quais países formam a União Europeia?

Se você está em busca da sua Cidadania Europeia, então precisa saber quais são os países no qual você vai conseguir isso. Afinal, também é um conhecimento interessante, já que você terá liberdade para visitar e morar em qualquer um dos países citados abaixo. Portanto, aproveite a lista:

Os países são: Alemanha; Eslovênia; Letônia; Áustria; Espanha; Lituânia; Bélgica; Estônia; Luxemburgo; Bulgária; Finlândia; Malta; Chéquia; França; Países Baixos; Polônia; Grécia; Chipre; Croácia; Portugal; Hungria; Irlanda; Dinamarca; Romênia; Itália; Suécia e Eslováquia.

Como conseguir a Cidadania Europeia?

Já passamos pela explicação sobre o que é cidadania, especificamente sobre do que se trata a Cidadania Europeia, falamos sobre a União Europeia e sobre os países que compõem ela. Dessa forma, agora você está pronto(a) para saber quais são as principais formas de conseguir a sua Cidadania Europeia.

Direito de sangue

Essa é uma das formas que merecem estar em primeiro lugar nessa lista. Afinal, o “jus sanguinis” ou “direito de sangue”, em português, é uma das formas mais populares de conseguir a Cidadania Europeia. Em geral, esse é o direito que garante a Cidadania Europeia para indivíduos que tenham ancestralidade e/ou origem europeia.

Como você já deve imaginar, para conseguir sua Cidadania Europeia através do direito de sangue, será necessário que você tenha em mãos uma grande quantidade de documentos para provar que você realmente tem ancestralidade e/ou origem europeia. 

Inclusive, levando em consideração que você está tentando ter a cidadania de outro país, talvez seja necessário traduzir boa parte (ou todos) dos documentos que você vai usar para a linguagem local. Esse processo pode chegar a custar até R$20.000,00.

Casamento

(Reprodução: Para Viagem)

Se você assiste filmes e/ou programas de televisão, então com certeza já sabia que esse item estaria na nossa lista. Afinal, é comum ver histórias no qual alguém se casa para conseguir a cidadania em algum país. Para conseguir a Cidadania Europeia não é diferente, já que essa é uma opção bastante usada.

Você pode conseguir a Cidadania Europeia se você se casar com alguém que seja nativo de um dos países listados. Contudo, entenda que somente será possível conseguir após ter completado três (03) anos de casamento. Esse é um dos detalhes diferentes dos filmes. Afinal, nos filmes, a cidadania é garantida assim que se casa.

Entretanto, ainda há mais uma barreira para aqueles que almejam a Cidadania Europeia através do casamento, pois após os três (03) anos de casamento, você também terá que fazer um teste  de proficiência da língua local para poder comprovar que você realmente é fluente.

Residência 

Essa é uma das possibilidades menos conhecidas entre os brasileiros. Contudo, os países europeus garantem cidadania para aqueles estrangeiros que possuam residência dentro dos seus territórios e estejam vivendo nela por, pelo menos, cinco (05) anos.

Pode ser que você considere esse um longo período. Contudo, se você levar em consideração que pretende morar neste país, é um período curto para conseguir sua Cidadania Europeia. Além disso, você terá que fazer uma prova de proficiência e comprovar que pagou seus impostos nos últimos cinco (05) anos que morou no país.

Investimentos

+ Saiba como consultar seu score do Serasa!

Essa é a última (e talvez a que as pessoas menos sabiam) forma de conseguir sua Cidadania Europeia. Investimentos é uma alternativa que é muito usada para conseguir Cidadania Europeia e Norte-Americana. É importante que você saiba que existem três (03) tipos de investimentos considerados.

+ Conheça esse app para descobrir o nome das plantas!

O primeiro tipo de investimento considerado é o de fomento à economia através de de investimentos empresariais. O segundo da lista é através de investimentos imobiliários. Para fechar a lista, o último tipo de investimentos financeiros.

Carregando seu artigo

0