RG Digital: saiba como emitir a sua e as novas funções!

Publicidade

Os aplicativos de celulares estão se tornando ferramentas cada vez mais essenciais. Antes, tarefas que exigiam equipamentos e burocracia, hoje são resolvidas através de poucos toques na tela de um aparelho. Inclusive, estamos vendo vários documentos se tornando nativamente digitais, como CNH, CPF e RG.

Documentos de identificação são essenciais para diversas tarefas. Portanto, não ache que vai conseguir viver livremente sem possuir essas ferramentas. Alguns documentos já iniciaram seus processos de digitalização, como a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) que já possui sua versão em aplicativo móvel.

Publicidade
(Reprodução: Tribuna da Imprensa)

Caso você ainda não saiba como emitir a sua CNH Digital, termine de ler essa matéria e depois clique aqui, pois já temos uma ótima matéria para te ensinar como resolver esse problema.  Além disso, você pode estar passando outros documentos seus pelo processo de digitalização. Dessa forma, não ficará mais preso(a) às barreiras que os documentos físicos possuem. Portanto, continue lendo nossa matéria para saber tudo sobre o RG Digital.

Qual a vantagem dos documentos digitais?

Existe uma forma bem simples de você entender as principais vantagens. Basta você pensar quais são as desvantagens dos documentos físicos. Além da burocracia para emitir esses documentos, também temos problemas relacionados à possibilidade de danificar o documento. Afinal, mesmo que você danifique seu celular, o documento poderá ser transmitido para outro aparelho sem grandes problemas.

Outra principal vantagem está relacionada com os hábitos que possuímos: é difícil ver alguém que vá para qualquer ambiente sem estar com seu celular. Dessa forma, você estará com seus principais documentos sempre que estiver portando seu celular. Acredito que estes já sejam motivos suficientes para te convencer a digitalizar seus documentos.

Contudo, ainda temos outro argumento: a possibilidade de integrar outras informações. Uma das preocupações dos documentos físicos é o layout. Afinal, o documento precisa conter informações essenciais, mas sem se tornar extenso ao ponto de impossibilitar transitar com ele. Dessa forma, os documentos em aplicativos poderiam contar muito mais informações sem prejudicar a apresentação do seu documento sempre que precisar. 

O que é RG?

rg digital
(Reprodução: Governo do Estado de São Paulo)

Para você, um tópico falando sobre o RG pode parecer besteira. Contudo, é sempre importante ressaltar que nem todos têm acesso a informações de forma igual. Portanto, assumindo nosso papel de levar informações importantes, vamos falar um pouco sobre esse que é um dos documentos mais importantes que os brasileiros podem possuir.

O RG é um acrônimo para registro geral. Esse documento é comumente referido como “documento mãe”. Isso acontece pelo fato de que muitos outros documentos são gerados a partir dele. Além disso, você notará que será necessário usar o documento para realizar diversas funções essenciais no seu dia a dia, inclusive se inscrever para provas de concursos públicos.

Você poderá encontrar algumas informações importantes no seu RG, dentre elas, nome completo, data de nascimento, nome completo do pai, nome completo da mãe e região em que você nasceu. Ou seja, esse documento vai conseguir te distinguir de qualquer outra pessoa no mundo inteiro.

Todavia, o RG possui algumas limitações que são características do formato físico adotado pelos documentos tradicionais. Contudo, o Governo promete resolver essas questões ao usar as ferramentas tecnológicas para agregar ainda mais funções ao famoso Registro Geral. Spoiler: você não terá mais a necessidade de estar portando muitos documentos sem necessidade. 

RG Digital: saiba tudo!

(Reprodução: UOL)

O RG Digital está se tornando uma realidade cada vez mais presente. E claro, essa novidade está nascendo com o objetivo de trazer melhorias ao documento que já existia e servia para diversas funções. Portanto, é interessante que você se informe e conheça todas as faces que essa nova ferramenta vai assumir.

União dos documentos 

O RG já é conhecido como “documento mãe”. Saiba que o documento vai assumir essa face com ainda mais intensidade em breve. Afinal, o RG Digital tem como objetivo conseguir reunir ainda mais documentos dentro dele próprio, transformando o aplicativo em um tipo de central de documentos. Dessa forma, podemos parar de chamar o RG de “documento mãe” e chamar de “documento universal”.

Você vai conseguir usar informações de outros documentos através do seu RG Digital, como Título de Eleitor, CPF (Cadastro de Pessoa Física), CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e outros documentos. Ou seja, você não vai mais ter a necessidade de andar com diversos documentos.

Valor para emitir o documento

Emitir um novo documento costuma ser algo chato, considerado incômodo. Dessa forma, sempre queremos adiar esses eventos. Além disso, às vezes é necessário pagar algumas taxas para ter seu novo documento em mãos. Contudo, se essa for sua preocupação, temos uma boa notícia para te dar: o Governo Federal já garantiu que o novo documento será emitido de forma fácil, e para a nossa alegria, de forma gratuita.

Disponibilidade 

Estamos falando de um documento. Portanto, a equipe do Governo deverá garantir que o aplicativo esteja disponível para o maior número de sistemas operacionais possíveis. Todavia, caso você use um aparelho com sistema operacional Android, que é o caso dos modelos das marcas Samsung, Motorola, Xiaomi e outros, você pode ter certeza de que vai ter acesso ao app. Essa certeza também é válida para os usuários de iPhone. 

Como emitir o novo documento?

Se você chegou até aqui, então provavelmente deve estar com muita curiosidade para saber como poderá estar emitindo o novo documento. Portanto, não perca tempo e preste atenção neste tópico para que você não confunda os passos ou faça algo de errado.

O primeiro passo será realizar o download do aplicativo do DNI. Dessa forma, você vai precisar acessar a loja de aplicativos do seu celular. Caso você use Android, vai baixar na Google Play Store, mas caso use iPhone, deverá baixar na App Store. Você poderá seguir os próximos passos após fazer o download.

+ Clique aqui e descubra como consultar sua pontuação no Serasa!

Agora você poderá usar o aplicativo para fazer um pré-cadastro, no qual você deverá responder algumas perguntas que serão solicitadas. Em seguida, você deverá ir presencialmente até um centro de atendimento. Não se preocupe, pois o endereço do centro estará descrito no aplicativo do DNI. Você passará por uma validação dos seus documentos neste centro.

A emissão do documento, propriamente dito, poderá ser feita após seus dados passarem por uma análise. Essa análise também é feita pela Justiça Federal que usará seus bancos de dados para verificar que não há problemas. 

Carregando seu artigo

0